Você está aqui: Home » Notícias » Conselho Mundial destaca oportunidades para investir em ouro

Conselho Mundial destaca oportunidades para investir em ouro

Compartilhe no:

O Conselho Mundial do Ouro apresentou um novo relatório mundial trazendo uma análise de mercado que mostra as oportunidades para quem trabalha nos mercados de investimentos em joalheria e varejo. Este importante estudo, com uma amostra de 18 mil participantes, analisa vários mercados, como China, Índia, Américas, Alemanha e Rússia, e oferece perspectivas em relação […]

Conselho Mundial destaca oportunidades para investir em ouro
Conselho Mundial destaca oportunidades para investir em ouro

O Conselho Mundial do Ouro apresentou um novo relatório mundial trazendo uma análise de mercado que mostra as oportunidades para quem trabalha nos mercados de investimentos em joalheria e varejo. Este importante estudo, com uma amostra de 18 mil participantes, analisa vários mercados, como China, Índia, Américas, Alemanha e Rússia, e oferece perspectivas em relação às percepções e atitudes em relação ao ouro; como e por que as pessoas compram ouro e também suas razões para não comprá-lo. 

O novo estudo revela que o ouro é uma opção tradicional, tanto que é o terceiro investimento com maior consistência, com 46% dos investidores escolhendo-o, depois de poupança (78%) e seguros de vida (54%). No setor de joias, a pesquisa mostra que 56% dos consumidores compraram joias de ouro, em comparação com 34% que compraram joias de platina.

Além disso, o relatório revela que mais de um terço (38%) dos investidores de varejo e fashionistas nunca compraram ouro anteriormente, mas agora acham a proposta interessante. Isso mostra que existe um grande potencial para o mercado do metal.

Mais de dois terços (67%) de todos os investidores consultados acreditam que o ouro é uma boa reserva contra a inflação e as flutuações cambiais e 61% confiam no ouro mais do que nas moedas fiduciárias. A indústria deve promover essa confiança e estar alerta para as áreas onde é mais fraca.

Mesmo aqueles que nunca compraram o metal, estão abertos à ideia de comprá-lo no futuro porque veem no ouro um artigo de confiança. Dois terços dos potenciais compradores de ouro dizem que não têm conhecimento o suficiente para apostar no ouro como investimento (66%). Seria necessário educar mais sobre o produto por meio de ações de Comunicação, mostrando os benefícios de se ter ouro e, embora não seja uma questão dominante no momento, a próxima geração de potenciais compradores precisa saber mais sobre as credenciais éticas da indústria.

O relatório Pesquisa do consumidor pode ser visualizado em www.retailinsights.gold.