Você está aqui: Home » Notícias » Ródio é considerado o “ouro” da vez

Ródio é considerado o “ouro” da vez

Compartilhe no:

É oficial: o ródio é hoje o metal mais caro do mundo! Seu preço está tão valorizado que chegou a ser até cinco vezes mais caro que o próprio ouro. A alta do preço do metal se deve à crescente procura pelas montadoras de carro especificamente, devido à utilização do material para a produção de […]

Ródio é considerado o “ouro” da vez
Ródio é considerado o “ouro” da vez

É oficial: o ródio é hoje o metal mais caro do mundo! Seu preço está tão valorizado que chegou a ser até cinco vezes mais caro que o próprio ouro. A alta do preço do metal se deve à crescente procura pelas montadoras de carro especificamente, devido à utilização do material para a produção de catalisadores de automóveis. O valor do ródio já subiu 31% só no mês de janeiro, onde atingiu seu valor mais alto desde 2008.

Encontrado em sua maioria na África do Sul, foi descoberto em 1803 por William Hyde Wollaston e pertence ao grupo da Platina. Em um ano, o metal subiu 225% o seu preço, se contados os últimos quatro anos, o ródio se tornou 12 vezes mais caro. Um dos principais fatores são as novas normas de emissão de gases que se tornaram mais rígidas, exigindo mais do material nas montadoras de carros.

Em janeiro, o metal chegou a valer R$33mil por onça, segundo a empresa química Johnson Matthey. O principal comprador do metal hoje é a Ásia, onde o mercado não é regulamentado, e o efeito do mesmo pôde fazer com que os preços subissem tanto, “este tipo de dinâmica de preços só é vista talvez a cada 10 anos” menciona Andreas Daniel, corretor da refinaria Heraeus Holding.

Apesar dessa ótima performance, investir em ródio é complicado. O metal não é vendido nas bolsas e, outro fator que interfere para a realização dos negócios envolvendo o ródio é que o seu comércio se restringe apenas entre fornecedores e indústrias. Além da utilização pela indústria automotiva, o metal também é utilizado em itens como joias e espelhos, devido às suas propriedades refletivas. Além do país sul-africano, Canadá e Rússia também são grandes produtores de ródio.